Tipos de Cirurgia Bariátrica:

Tipo de mecanismo das cirurgias bariátricas:

1. Totalmente Restritivos:

São técnicas que limitam o volume de alimento sólido ingerido pelos pacientes. Esta técnica depende da colaboração do paciente no pós-operatório, pois alimentos líquidos podem continuar a ser ingeridos quase no mesmo volume que eram antes da cirurgia e se forem muito calóricos irão atrapalhar a perda de peso.

Cirurgia Bariátrica: Sleeve

Sleeve

Consiste em uma técnica que transforma o estômago em um tubo controlando o apetite do paciente. Essa cirurgia pode ser realizada por videolaparoscopia (mantendo um bom resultado estético), este procedimento atualmente não é liberado pelo sistema único de saúde (SUS), também podendo ser realizada por minilaparotomia (aberta), procedimento liberado pelo sistema único de saúde (SUS).

video: Método de Sleeve

Video: Cirurgia bariátrica Sleeve Gastrectomia

Seu navegador não suporta o vídeo.

Banda gástrica ajustável

Banda gástrica ajustável

Este é um procedimento cirúrgico restritivo puro, no qual uma banda é colocada em volta da parte superior do estômago. Essa banda divide o estômago em duas partes, uma pequena e outra maior. A maioria dos pacientes se sente "cheio" mais rapidamente, pois a banda restringe a entrada do alimento. A digestão de alimento ocorre através do processo digestivo normal.

Video: Cirurgia bariátrica Banda gástrica ajustável

Video: Banda gástrica ajustável

Seu navegador não suporta o vídeo.

Mistos e Predominantemente restritivos

2. Mistos e Predominantemente restritivos:

Ocasionam desvios gástricos como o Bypass Gástrico com e sem anel.

Cirurgia Bariátrica: Bypass gástrico

Bypass gástrico

O Bypass Gástrico é a Cirurgia Bariatrica mais freqüentemente realizada no mundo. Essa cirurgia também é conhecida como "Cirurgia de Fobi e Capella" ou "Septação Gástrica".

Ao invez do corte, é realizado 5 ou 6 pequenas incisões com tamanho entre 5 e 13 mm. O tempo de internação hospitalar médio é de 3 dias.

Vantagens: Perda de peso adequada e duradoura, com baixo índice de insucesso. Tratam também a doença do refluxo. Apresentam taxas aceitáveis de complicações a longo prazo. São potencialmente reversíveis, embora com dificuldade técnica.

Apresentam bons resultados em termos de melhoria da qualidade de vida e doenças associadas.

Essa operação também apresenta efeitos metabólicos independentes da perda de peso. Ocorrem modificações funcionais e hormonais do tubo digestivo, com efeitos benéficos adicionais sobre o controle ou reversão das comorbidezes metabólicas, em especial sobre o diabetes tipo 2.

Desvantagens: Tecnicamente complexas; acesso limitado ao estômago excluído e ao duodeno para métodos radiológicos e endoscópicos.

Video: Cirurgia bariátrica Bypass gástrico

Video: Cirurgia bariátrica Bypass gástrico videolaparoscópica

Obs: Este procedimento atualmente não é liberado pelo sistema único de saúde (SUS).

Seu navegador não suporta o vídeo.

Mistos e Predominantemente disabsortivos

3. Mistos e Predominantemente disabsortivos:

São derivações bileopancreáticas (Duodenal Switch, Scopinaro).

Cirurgia Bariátrica: Scopinaro

Scopinaro

Realizada por vídeo laparoscopia ou por via convencional na qual se realiza uma gastrectomia (retirada do estômago) parcial ou um grampeamento com secção simples do estômago , reduzindo sua capacidade em cerca de 50%, em seguida, o intestino delgado é seccionado à 2,5 metros de onde ele termina no íleo e é feito um desvio (Bypass) do intestino a cerca de cerca de 80cm do ceco, por fim, a gastroplastia é ligada ao intestino distal desviado (gastroentero anastomose) com o íleo, para que a comida possa passar novamente.

Cirurgia Bariátrica: Duodenal switch

Duodenal switch

É realizada uma ressecção longitudinal do estômago1, preservando a sua anatomia e fisiologia básicas. Uma pequena porção do duodeno (primeira porção do intestino delgado11) também é preservada, contribuindo para melhor absorção de nutrientes como proteínas12, cálcio, ferro e vitamina13 B12. O que não acontece nas outras cirurgias para perda de peso. Vem sendo considerada uma evolução das cirurgias bariátricas. O alimento segue por um caminho, enquanto os sucos digestivos (bile14 e suco pancreático) seguem por outro. Encontrando-se apenas a 100cm de acabar o intestino delgado11. Isto inibe a absorção de calorias e nutrientes levando ao emagrecimento. Esta perda de peso é consistente e duradoura. Estudos recentes comprovam que a qualidade de vida dos pacientes submetidos a este tipo de procedimento é mais satisfatória a longo prazo.

Agendamento de consultas e cirurgias bariatricas

HOME   TOPO   CONTATO 

Tetra Web Marketing Design | Web Design e Internet Marketing online | Curitiba